China planeja construir tanques com capacidade para 70 mi m³ de petróleo

segunda-feira, 25 de julho de 2016 14:12 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China planeja construir tanques com capacidade de armazenamento de 70 milhões de metros cúbicos para sua reserva estratégica de petróleo (SPR, na sigla em inglês), em três fases de construção, disse um jornal estatal nesta segunda-feira.

Equivalente a 441 milhões de barris, isso corresponde a cerca de 60 dias da quantidade atual de petróleo importado pela China, de 7,4 milhões de barris por dia, de acordo com cálculos da Reuters.

Embora o jornal não tenha dito quando a construção de toda a capacidade será concluída, o China Securities Journal reportou que o governo planeja construir tanques para 44,6 milhões de metros cúbicos, ou 281 milhões de barris, até 2020, citando um plano do governo para 2016-2020 no setor energético.

Os tanques que serão construídos ao longo dos próximos quatro anos equivalem a 38 dias da atual quantidade de petróleo importado pela China. Eles somariam a já existentes reservas estratégicas do país localizadas em sete unidades acima da terra em Zhoushan, Zhenhai, Dalian, Huangdao, Dushanzi, Lanzhou e Tianjin, bem como a uma unidade subterrânea em Huangdao, com uma capacidade total de 28,6 milhões de metros cúbicos.

A China também planeja melhorar sua rede de oleodutos. Para ligar consumidores no interior do país com portos de importação de petróleo, a China pretende construir 23 mil quilômetros de oleodutos com capacidade de transporte de 570 milhões de toneladas até 2020, disse o jornal.

(Por Kathy Chen e Aizhu Chen)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))

    REUTERS LM RS