China diz que pressão negativa sobre economia ainda é "relativamente grande", segundo rádio estatal

terça-feira, 26 de julho de 2016 10:45 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - O Politburo da china, principal órgão de decisão do Partido Comunista, afirmou nesta terça-feira que a economia enfrenta pressões negativas relativamente grandes, noticiou a rádio estatal.

Autoridades continuarão a implementar uma política fiscal proativa e uma política monetária prudente, segundo a rádio estatal, citando a reunião do Politburo presidida pelo presidente Xi Jinping.

A China também vai manter a taxa do iuan basicamente estável, e guiará um crescimento razoável no financiamento social e do crédito, disse a rádio estatal.

 
Bandeira nacional chinesa vista em distrito financeiro em Pequim.  21/01/2016   REUTERS/Kim Kyung-Hoon/Files