Índice fecha quase estável em sessão com balanços corporativos e Fed

quarta-feira, 27 de julho de 2016 17:55 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou novamente com seu principal índice praticamente estável nesta quarta-feira, marcada pela repercussão de balanços corporativos e decisão de política monetária nos Estados Unidos, conforme o avanço das ações da Vale foi novamente abafado pelo recuo dos papéis da Petrobras.

O Ibovespa subiu 0,12 por cento, a 56.853 pontos. O volume financeiro do pregão somou 6,96 bilhões de reais.

O Ibovespa zerou momentaneamente os ganhos à tarde com a avaliação do Federal Reserve, banco central norte-americano, de que os riscos de curto prazo à perspectiva econômica dos EUA têm diminuído, abrindo a porta para uma alta de juros neste ano.

No comunicado que acompanhou a decisão de manter os juros inalterados, o Fed disse ainda que os ganhos no emprego foram fortes em junho.

O índice acionário norte-americano S&P 500 fechou em queda de 0,l2 por cento.

A temporada de resultados corporativos também marcou o pregão brasileiro, com a Telefônica Brasil também contribuindo o fechamento positivo do Ibovespa, após o balanço trimestral da operadora de telefonia ter sido bem recebida pelo mercado.

DESTAQUES   Continuação...