Governo revê calendário de leilões de energia e agenda três licitações

quinta-feira, 28 de julho de 2016 10:38 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O governo federal publicou nesta quinta-feira portarias que agendam dois leilões para a contratação de energia de reserva, que viabilizam novas usinas para aumentar a segurança do sistema elétrico, o primeiro para 23 de setembro e o segundo para 16 de dezembro.

O Ministério de Minas e Energia também agendou para o segundo semestre, ainda sem data definida, um leilão A-3, no qual concessionárias de distribuição de eletricidade fecham contratos para atender à demanda futura, com início do suprimento a partir de 2019.

Anteriormente, os certames de reserva estavam previstos para dia 29 deste mês e 28 de outubro.

O primeiro leilão de reserva contratará usinas hidrelétricas de pequeno porte, com contratos de 30 anos de duração e início do fornecimento em março de 2020.

O segundo certame fechará contratos com usinas solares e eólicas, com início de suprimento em julho de 2019 e duração de 20 anos.

Já o leilão A-3 ainda não tem detalhes definidos. As distribuidoras de eletricidade terão até 12 de agosto para declarar ao governo quando pretendem comprar de energia no certame.

Veja mais detalhes em:

here

(Por Luciano Costa)