Carrefour pode fazer IPO de operações no Brasil em 2017, diz presidente

quinta-feira, 28 de julho de 2016 16:47 BRT
 

PARIS (Reuters) - A segunda maior rede de varejo do mundo, Carrefour, pode realizar uma oferta pública inicial de ações (IPO) de suas operações no Brasil no próximo ano, afirmou o presidente-executivo do grupo francês, Georges Plassat, nesta quinta-feira.

"Mantemos a ideia de um IPO (no Brasil), o que poderia acontecer em 2017", disse o executivo. Ele acrescentou que o Carrefour também poderá fazer IPO da empresa de imóveis comerciais do grupo, Carmila.

Os recursos dos IPOs poderiam ajudar o Carrefour a financiar expansão e destravar valores de seus ativos, afirmam analistas.

O grupo também se comprometeu nesta quinta-feira a aumentar as margens operacionais no seu mercado interno, após divulgar lucros maiores nas operações no Brasil e no sul da Europa.

O Carrefour reportou que seu lucro operacional recorrente aumentou 5,3 por cento primeiro semestre, para 706 milhões de euros, ajustado à inflação, superando estimativa média de 685 milhões em uma pesquisa da Thomson Reuters.

As operações na América Latina tiveram forte desempenho, com o lucro operacional recorrente da região crescendo 12,3 por cento, ajustado à inflação, para 273 milhões de euros.

A rentabilidade do Brasil continuou a melhorar, impulsionada pelo forte crescimento das vendas na base anual, de acordo com nota do Carrefour em seu site.

As vendas totais no Brasil no primeiro semestre totalizaram 5,62 bilhões de euros, expansão de 15,9 por cento ajustada à inflação. Apenas no segundo trimestre somaram 2,95 bilhões de euros, crescimento de 15,7 por cento.

Para mais informações, clique aqui bit.ly/2akU7r3

(Por Pascale Denis e Paula Arend Laier)