EUA encontram trigo transgênico não aprovado no Estado de Washington

sexta-feira, 29 de julho de 2016 15:08 BRT
 

(Reuters) - Vinte e duas plantas de trigo transgênicas não aprovadas foram encontradas crescendo no Estado de Washington, disse o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) nesta sexta-feira, mas a variedade, desenvolvida pela Monsanto, não foi rastreada em suprimentos comerciais.

No momento, não há nenhuma variedade aprovada comercialmente de trigo geneticamente modificado, e a ocorrência de plantas não-autorizadas é rara. O primeiro caso foi em 2013 no Oregon, o que levou compradores como a Coreia do Sul e o Japão a parar de comprar trigo dos EUA. Mais trigo não aprovado foi encontrado em Montana em 2014.

A Coreia do Sul disse mais cedo nesta sexta-feira que o país vai reforçar as medidas de quarentena para remessas de trigo para moagem e para ração dos EUA.

"Nós pretendemos inspecionar rigidamente importações de trigo e farinha dos EUA e fazer a liberação alfandegária somente para produtos de trigo que se confirmarem que não transgênicos", disse um oficial do ministério de alimentos da Coreia do Sul.

O USDA disse que a Monsanto havia desenvolvido um teste para MON 71700, a linhagem encontrada no Estado de Washington, que estaria disponível para seus parceiros de mercado.

A última descoberta é uma variedade ligeiramente diferente da encontrada em 2013, embora ambas tenham sido desenvolvidas para suportar aplicações de glifosato, o principal ingrediente no popular herbicida Roundup da Monsanto.

A Monsanto, que disse que todos os grãos experimentais foram destruídos ou armazenados, foi processada por produtores de trigo dos Estados Unidos pela perturbação do mercado em 2013. A companhia concordou com a ação e concordou em pagar mais de 2,5 milhões de dólares a produtores e grupos de grãos, mas não assumiu responsabilidade.

(Por Karl Plume)