Ações de tecnologia e PIB dos EUA ajudam S&P 500 a renovar recorde intradia

sexta-feira, 29 de julho de 2016 18:32 BRT
 

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos tiveram leves variações nesta sexta-feira, com o S&P 500 atingindo nova máxima intradia pela sétima vez este mês, conforme o avanço das gigantes de tecnologia como Alphabet e Amazon compensando as perdas das ações de energia.

O S&P 500 chegou a subir 0,30 por cento na sessão, atingindo a máxima histórica intradia de 2.177 pontos, mas encerrou com ganho de 0,16 por cento, a 2.173 pontos, e completou o quinto mês seguido avanço.

O índice Dow Jones caiu 0,13 por cento, a 18.432 pontos, enquanto o Nasdaq avançou 0,14 por cento, a 5.162 pontos.

As ações da Alphabet, controladora do Google, saltaram 3,33 por cento um dia após a empresa divulgar forte crescimento na receita trimestral, enquanto a varejista online Amazon.com atingiu máxima recorde após apresentar projeção otimista para o atual trimestre.

A Alphabet teve a maior influência positiva nos índices Nasdaq e S&P 500.

No entanto, o Dow Jones foi pressionado pela queda de 1,48 por cento nas ações do McDonald's e de 1,39 por cento nos papéis da Exxon, que divulgou lucro trimestral menor que o esperado.

A economia norte-americana cresceu a uma taxa anual de 1,2 por cento no segundo trimestre, abaixo da expectativa de avanço de 2,6 por cento em pesquisa da Reuters, indicando que o Federal Reserve pode não precisar aumentar os juros nos EUA tão cedo.

Na semana, o Dow Jones caiu 0,75 por cento, o S&P 500 teve variação negativa de 0,07 por cento e o Nasdaq subiu 1,2 por cento. No mês, os três índices subiram, com ganhos de 2,8 por cento, 3,6 por cento e 6,6 por cento, respectivamente.