Cencosud Brasil prevê melhora nas vendas em 2017, amplia produtos de marca própria

terça-feira, 2 de agosto de 2016 13:08 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A varejista chilena Cencosud vê um cenário melhor para vendas no Brasil no próximo ano, mas aquém do potencial que espera para o país, que ainda enfrenta uma economia em recessão.

"O otimismo (por parte do consumidor) ainda é pequeno", afirmou na segunda-feira à Reuters o diretor de Estratégia Comercial da Cencosud Brasil, Alejandro Arruiz.

A Cencosud tem 220 lojas distribuídas nos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e Sergipe, sob as bandeiras GBarbosa, Bretas, Prezunic, Perini e Mercantil Rodrigues.

No país desde 2007, o grupo atua em áreas de varejo com super e hipermercados, farmácias e lojas de eletroeletrônicos (Eletro Show).

O grupo vem ampliando esforços na oferta de produtos da marca própria Prezunic, com 250 itens disponíveis, e prevê expansão de 88 por cento nas vendas desses produtos em 2016.

Arruiz disse que a crise no país ajudou a alavancar as vendas da marca própria, que tem produtos em média 15 por cento mais baratos do que líderes de categoria. Segundo ele, a penetração desses produtos por categoria é de 8,2 por cento.

A Cencosud Brasil prevê ampliar a gama de produtos oferecidos para o próximo ano, por enxergar potencial de crescimento da marca própria no país.

O executivo reconhece o impacto negativo nas margens, reflexo de uma atitude mais competitiva da companhia, mas diz que esse esforço faz parte do dia a dia do negócio e decorre da opção de oferecer economia como vantagem ao consumidor.   Continuação...