Bovespa cai pelo 2º dia consecutivo pressionada pelo cenário externo; Cielo recua 5,65%

terça-feira, 2 de agosto de 2016 17:44 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou com o seu principal índice em queda pelo segundo pregão seguido nesta terça-feira, novamente pressionado pelo cenário externo, com a temporada de balanços destacando os números de Itaú Unibanco e da Cielo.

O Ibovespa caiu 1,05 por cento, a 56.162 pontos. O volume financeiro somou 7,1 bilhões de reais.

No exterior, Wall Street experimentou uma sessão negativa, com o S&P 500 fechando em baixa, conforme dados econômicos e de vendas de automóveis mais fracos do que o esperado geraram preocupações sobre o crescimento.

A queda dos preços do petróleo durante a sessão também pressionou as bolsas nos Estados Unidos, corroborando nova realização de lucros no pregão brasileiro.

O analista Vitor Suzaki, da Lerosa Corretores de Valores, também citou também a decisão do banco central do Japão de não incrementar sua programa de estímulo à economia, o que reduziu o apetite por risco globalmente.

DESTAQUES

- CIELO caiu 5,65 por cento, mesmo após a maior operadora de meios eletrônicos de pagamento do país anunciar alta anual de 13,5 por cento no lucro de 1,03 bilhão de reais, mas com redução da margem Ebitda.   Continuação...