IPC-Fipe desacelera alta para 0,35% em julho; Alimentos e Habitação sobem menos e Vestuário cai

quinta-feira, 4 de agosto de 2016 07:24 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo fechou julho

com alta de 0,35 por cento, após avanço de 0,65 por cento no mês anterior, com alta menor nos preços dos Alimentos e Habitação e queda em Vestuário, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta quinta-feira.

Apesar da desaceleração para uma alta de 0,78 por cento, ante 1,17 por cento em junho, a maior pressão no mês foi do grupo Alimentação, com 0,1916 ponto percentual.

O grupo Habitação também mostrou forte desacleração em julho, subindo 0,20 por cento após a alta de 0,80 por cento no mês anterior.

Já o grupo Vestuário caiu 0,98 por cento no mês passado, após subir 0,32 por cento em junho, e foi o único a ficar em campo negativo.

Apenas os grupos Saúde e Educação aceleraram as altas em julho em relação a junho.

O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

(Por Flavia Bohone)