Mineradoras chinesas minimizam pedido por investigação antidumping

quinta-feira, 4 de agosto de 2016 11:06 BRT
 

XANGAI (Reuters) - Um pedido feito por mineradoras chinesas por uma investigação antidumping sobre importações de minério de ferro barato foi uma sugestão ao invés de uma solicitação oficial, afirmou uma autoridade da associação da indústria do setor na China.

A associação não organizou um estudo mais aprofundado ou discussão sobre a sugestão ou trocou pontos de vista com departamentos do governo, disse Lei Pingxi, vice-presidente da associação ao China Metallurgical News, em um artigo publicado nesta quarta-feira.

Mais de 20 mineradoras chinesas disseram em uma declaração no website da associação, em 26 de julho, que "um enorme volume importado de minério de ferro com preços baixos causou um grave impacto sobre a indústria de mineração nacional e até trouxe um grande desafio para a segurança da produção de aço".

Lei disse ao Metallurgial News, de propriedade da China Iron & Steel Association, que a sugestão publicada por mineradoras havia sido publicada por engano.

A declaração não está mais no website da associação, embora o site ainda tenha um artigo culpando importações maciças de minério a baixos preços por um sério impacto sobre a indústria de mineração doméstica.

Ligações para a associação não foram respondidas.

As anglo-australianas BHP Billiton e a Rio Tinto, juntamente com a brasileira Vale, cresceram fortemente sua oferta nos últimos anos para abastecer o mercado chinês. As importações representam mais de 80 por cento do total do consumo de minério da China.

(Reportagem por Ruby Lian e Gavin Maguire)