Dólar recua ante real após BC britânico cortar juros

quinta-feira, 4 de agosto de 2016 11:15 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar recuava frente ao real nesta quinta-feira, com investidores recebendo bem o corte de juros do banco central britânico mas ainda adotando cautela em relação às perspectivas fiscais brasileiras e antes da divulgação do relatório de emprego dos Estados Unidos no dia seguinte.

Às 11:14, o dólar recuava 0,55 por cento, a 3,2229 reais na venda, após cair 0,77 por cento na sessão anterior. O dólar futuro perdia cerca de 0,5 por cento nesta manhã.

"As medidas do Banco da Inglaterra dão alento ao mercado, confirmam as expectativas de que os bancos centrais estão atentos a qualquer volatilidade", disse o operador da corretora Correparti Ricardo Gomes da Silva.

O banco central britânico cortou sua taxa de juros pela primeira vez desde 2009 e informou que vai comprar mais 60 bilhões de libras em títulos públicos para amortecer o impacto do referendo que decidiu pela saída do Reino Unido da União Europeia.

Juros mais baixos no Reino Unido tendem a aumentar a atratividade relativa de ativos que oferecem rendimentos altos, como no Brasil. Além disso, parte dos capitais injetados pelo banco central britânico na economia tende a migrar para mercados emergentes.

No cenário local, porém, investidores continuavam preocupados com as dificuldades que o governo do presidente interino Michel Temer pode enfrentar para aprovar medidas de austeridade fiscal no Congresso Nacional.

Na véspera, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, minimizou a relevância do adiamento da votação da renegociação das dívidas dos Estados com a União no Congresso Nacional, que havia alimentado preocupações nos mercados financeiros.

"O mercado sabe que não vai ser fácil conseguir a colaboração do Congresso para controlar o crescimento do gasto público", disse o operador da corretora Spinelli José Carlos Amado.   Continuação...