Bovespa fecha em alta e renova máxima desde maio de 2015; Braskem dispara

quinta-feira, 4 de agosto de 2016 18:10 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em alta nesta quinta-feira, superando momentaneamente os 58 mil pontos pela primeira vez desde maio de 2015, com as ações da petroquímica Braskem disparando 11 por cento após resultado trimestral.

O Ibovespa subiu 0,91 por cento, a 57.593 pontos, maior nível de fechamento desde 5 de maio de 2015. No melhor momento da sessão, alcançou 58.030 pontos, máxima intradia desde 6 de maio de 2015. O volume financeiro somou 7,97 bilhões de reais.

A melhora dos preços do petróleo endossou o avanço no pregão brasileiro, assim como a decisão do banco central inglês de cortar os juros pela primeira vez desde 2009, o que favorece o ambiente de capital barato no mundo.

Notícias corporativas também influenciaram os negócios, bem como esteve sob os holofotes a votação na comissão especial do Senado que analisa o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, que aprovou parecer pela pronúncia da petista, considerando que há elementos suficientes para levá-la a julgamento final por crime de responsabilidade.

DESTAQUES

- BRASKEM saltou 10,8 por cento, maior alta desde julho de 2015, após divulgação do balanço do segundo trimestre - que o BTG Pactual considerou uma agradável surpresa - e melhora nas expectativas da petroquímica em relação à demanda em 2016. No ano, os papéis ainda acumulam declínio superior a 20 por cento.   Continuação...