Áustria ameaça bloquear avanço de negociações da Turquia com União Europeia

domingo, 7 de agosto de 2016 17:28 BRT
 

VIENA (Reuters) - O ministro de Relações Exteriores da Áustria, Sebastian Kurz, ameaçou bloquear o avanço das negociações com a Turquia para sua ascensão à União Europeia, o que poderia inviabilizar um acordo de imigração entre Bruxelas e Ancara.

Os ataques do governo turco contra os seguidores de um clérigo que mora nos EUA e que é acusado de arquitetar a tentativa de golpe de Estado na Turquia no mês passado tem tensionado as relações do país com o bloco europeu, que depende dos turcos para frear o fluxo de imigrantes rumo ao oeste.

As negociações para a ascensão da Turquia à União Europeia começaram em 2005, mas apenas um dos 35 critérios que a Turquia precisa implementar e cumprir foi concluído até agora.

"Eu tenho um assento e um voto no conselho europeu de ministros de relações exteriores. Lá a questão é se novos capítulos de negociação serão abertos com a Turquia, e eu sou contra isso", disse Kurz em uma entrevista ao jornal austríaco Kurier, ameaçando bloquear a votação unânime necessária no conselho.

Até o momento a Turquia tem feito a sua parte no acordo com a União Europeia para barrar imigração ilegal para a Europa por meio de seu território, em troca de ajuda financeira e da promessa de viagens livres de visto para muitos dos países do bloco, além de negociações aceleradas sobre sua filiação.

Mas a liberação da exigências de vistos de viagem tem sido atrasada pela discussão sobre legislação antiterrorismo da Turquia, que alguns na Europa acreditam ser muito ampla, além das ações de repressão após a tentativa de golpe. Kurz disse que a Turquia não atende as condições para avançar nas negociações.

(Por François Murphy)