Espanhola Isolux diz ter negociações em curso para vender linhas de energia no Brasil

quarta-feira, 10 de agosto de 2016 15:07 BRT
 

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A espanhola Isolux está em negociações para a eventual venda de ativos de transmissão de energia elétrica no Brasil, que incluem empreendimentos como um linhão na região Norte, ligando a usina de Tucuruí e cidades como Macapá (AP) e Manaus (AM), afirmou a companhia à Reuters nesta segunda-feira.

Segundo uma fonte, a chinesa State Grid e a canadense Brookfield estão entre as interessadas nos ativos, que estão no mercado devido a dificuldades financeiras da Isolux, que acaba de aprovar uma reestruturação de dívidas com credores na Espanha.

"Não temos condições de confirmar nomes de empresas potencialmente interessadas em ativos do Grupo Isolux Corsán, mas podemos escrever que há negociações em curso, em função da qualidade dos referidos ativos", disse o grupo espanhol em nota.

Segundo a fonte, próxima das conversas, que falou sob a condição de anonimato, a Isolux busca compradores para seus ativos, mas ainda não há negócios fechados devido a um desentendimento em relação a valores.

"São ativos um pouco mais caros, é complicado... O que manda é a flexibilidade do preço... A precificação precisa alinhar o risco com o apetite pelo ativo", afirmou a fonte.

A Brookfield disse que não irá comentar. A State Grid não respondeu aos contatos da reportagem.