Bolsas dos EUA fecham em máximas históricas com avanço de petróleo e lojas de departamentos

quinta-feira, 11 de agosto de 2016 18:34 BRT
 

(Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos encerraram em máximas históricas nesta quinta-feira, com aumento dos preços do petróleo e fortes resultados das lojas de departamentos Macy's e Kohl's impulsionando o sentimento dos investidores.

Os preços do petróleo subiram mais de 4 por cento, por comentários do ministro do Petróleo da Arábia Saudita sobre potenciais ações para estabilizar preços e a Agência Internacional de Energia prevendo que os mercados de petróleo atingirão o equilíbrio novamente nos próximos meses.

O índice Dow Jones subiu 0,64 por cento, encerrando a 18.613 pontos, o S&P 500 teve alta de 0,47 por cento, para 2.185 pontos e o Nasdaq Composite avançou 0,46 por cento, para 5.228 pontos.

O índice de energia do S&P subiu 1,3 por cento, na melhor performance entre os 10 principais setores, puxado pelo avanço de 1,26 por cento da ação da Chevron.

As ações da Macy's saltaram 17,09 por cento, no melhor dia para a loja de departamentos em quase oito anos, após a empresa divulgar uma queda menor que o esperado em vendas trimestrais comparáveis e anunciar o fechamento de 100 lojas.

As ações da Kohl's subiram 16,17 por cento após seu lucro trimestral superar estimativas.

(Por Yashaswini Swamynathan)