11 de Agosto de 2016 / às 22:42 / um ano atrás

Lucro da Petrobras no 2º tri cai 30% após despesas com PDV e baixa contábil

6/02/ 2015. Brazil's Petrobras may pick a new chief executive and other top manage REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras divulgou nesta quinta-feira um lucro líquido de 370 milhões de reais no segundo trimestre, queda de 30,3 por cento ante mesmo período do ano passado, em meio a despesas bilionárias relacionadas a um programa de demissões voluntárias e a baixas contábeis.

O resultado positivo -- o primeiro depois de três períodos seguidos de prejuízo -- veio bem abaixo do esperado por analistas consultados pela Reuters. A expectativa era de um lucro líquido de 2,6 bilhões de reais, segundo a média das projeções, depois da estatal ter registrado prejuízo de 1,246 bilhão de reais no primeiro trimestre.

A companhia lançou no segundo trimestre despesas de 1,212 bilhão de reais com um novo programa de demissão voluntária, que já tem cerca 5 mil inscritos, enquanto busca reduzir custos em meio a uma enorme dívida. Além disso, a empresa registrou 1,124 bilhão de reais com impairment de ativos do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

O projeto, um dos principais alvos do investigação da operação Lava Jato, que apura um escândalo de corrupção envolvendo obras da Petrobras, empreiteiras e políticos, está sendo reavaliado.

“O que a gente tinha... é que (o Comperj) estava no processo de reavaliação, e esse processo se confirmou no segundo trimestre. Pelas normas contábeis, precisa fazer a baixa contábil”, afirmou o diretor de Refino e Gás da Petrobras, Jorge Celestino, em entrevista a jornalistas após a divulgação dos resultados.

Celestino afirmou que a empresa já empenhou 13,5 bilhões de dólares no Comperj, cujas obras da unidade de refino 1 (trem 1 no jargão do setor) saíram do horizonte do plano de negócios da empresa e só devem ser retomadas após a estatal obter um parceiro para o projeto, que já teve baixas contábeis bilionárias anteriormente associadas ao caso de corrupção.

Também pesou no resultado maiores custos na área de Exploração e Produção, com a devolução de blocos na fase exploratória em função de sua economicidade, disse a empresa.

RECEITA CAI

Já a receita de vendas caiu mais de 10 por cento na mesma comparação, para 71,320 bilhões de reais, com a divisão de Abastecimento registrando recuo de 9,6 por cento, para 55,947 bilhões de reais, em meio a uma queda no volume vendido de derivados, cujo mercado foi afetado pela recessão econômica.

A divisão de Exploração e Produção registrou queda de 11 por cento no faturamento, para 29,662 bilhões de reais, em meio a menores preços do petróleo ante o mesmo período do ano passado.

Mas a geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado cresceu para 20,317 bilhões de reais, ante 19,771 bilhões de reais no segundo trimestre de 2015.

A companhia ressaltou ainda que a maior geração operacional e a redução dos investimentos resultaram, pelo quinto trimestre consecutivo, no aumento do fluxo de caixa livre positivo, que atingiu 10,790 bilhões de reais, 3,5 vezes superior ao registrado no primeiro trimestre.

“Esse resultado contribui para o objetivo de desalavancagem da companhia”, disse a empresa, que apontou que a relação dívida líquida sobre Ebitda ajustado recuou de 5,31 vezes em 31 de dezembro de 2015 para 4,49 vezes em 30 de junho.

O endividamento líquido caiu para 332,390 bilhões de reais em 30 de junho, ante 392,136 bilhões de reais em 31 de dezembro do ano passado.

Já o investimento total somou 13,4 bilhões de reais no segundo trimestre, ante 18,3 bilhões de reais no mesmo período do ano passado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below