Elétrica Copel registra lucro de R$996,6 mi no 2º tri com remensuração de ativos

quinta-feira, 11 de agosto de 2016 22:10 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhia Paranaense de Energia (Copel) divulgou nesta quinta-feira um lucro líquido de 996,6 milhões de reais no segundo trimestre, alta de 230 por cento ante o mesmo período do ano passado, em meio a uma remensuração de ativos de transmissão.

Já a geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) atingiu 1,54 bilhão de reais, alta de 212,7 por cento se comparado a um ano antes, ajudado pelo mesmo efeito extraordinário.

A Copel lembrou que em 22 de abril deste ano o Ministério de Minas e Energia determinou que os valores homologados pelo regulador do setor (Aneel), referentes aos ativos de transmissão não depreciados existentes em 31 de maio de 2000, fossem incorporados à Base de Remuneração Regulatória e que seu custo de capital fosse adicionado à Receita Anual Permitida (RAP).

Com base nisso, a companhia remensurou a estimativa do fluxo de caixa para os ativos no montante de 1,355 bilhão de reais, atualizado em 30 de junho de 2016, com efeito de 977,8 milhões de reais na receita operacional e 645,3 milhões de reais no lucro líquido.

Esse resultado líquido, disse a empresa, foi parcialmente compensado pelo não acionamento da UTE Araucária, pela retração de 1,9 por cento no mercado cativo e de 2,2 por cento no mercado fio da Copel Distribuição e por efeitos não recorrentes na Copel Distribuição.

(Por Roberto Samora)