BM&FBovespa descarta provisão, mesmo se perder de novo no Carf

sexta-feira, 12 de agosto de 2016 10:42 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A BM&FBovespa segue decidida a não fazer provisão para perda referente a um caso fiscal envolvendo a fusão que deu origem à empresa, em 2008, disse nesta sexta-feira um executivo da companhia.

"Mantemos nosso entendimento de que a chance de perda é remota", disse a jornalistas o diretor financeiro e de relações com investidores da bolsa, Daniel Sonder.

O caso tem um julgamento previsto para 17 de agosto no Conselho do Carf. O órgão aplicou multa de 1,1 bilhão de reais em decisões preliminares contra a empresa, por entender que ela usou critério fiscal equivocado na fusão para pagar menos impostos.

(Por Aluisio Alves)