Índice acionário europeu recua com perdas em mineradoras após dados da China

sexta-feira, 12 de agosto de 2016 14:02 BRT
 

(Reuters) - O índice das principais ações europeias caiu nesta sexta-feira, com as perdas das mineradoras ofuscando os ganhos em empresas como A.P. Moller- Maersk, que subiu após seus dados de lucros.

O índice europeu FTSEurofirst 300 fechou com queda de 0,2 por cento, a 1.362 pontos. O STOXX 600 perdeu 0,16 por cento, após atingir máxima de sete semanas na sessão, recuperando todas as perdas após a decisão britânica de sair da União Europeia (UE).

As mineradoras foram pressionadas devido à queda dos preços dos metais após dados mostrando que o crescimento do investimento em ativos fixos da China diminuiu para 8,1 por cento na comparação anual do período entre janeiro e julho, não atingindo as expectativas do mercado. O crescimento da produção industrial foi de 6,0 por cento, mas decepcionou os analistas, que esperavam leitura mais elevada.

As ações da Maersk subiram 3,14 por cento após a empresa dinamarquesa manter sua previsão de 2016, apesar da queda acentuada no lucro líquido trimestral.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,02 por cento, a 6.916 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,27 por cento, a 10.713 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,08 por cento, a 4.500 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,17 por cento, a 16.997 pontos.   Continuação...