Coreia do Sul investiga se Google infringiu leis antitruste

sexta-feira, 12 de agosto de 2016 16:36 BRT
 

SEUL (Reuters) - O órgão de defesa da concorrência da Coreia do Sul disse nesta sexta-feira que está analisando se o Google violou leis do país, admitindo pela primeira vez que está promovendo uma investigação forma contra a companhia.

A Comissão para Comércio Justo da Coreia (KFTC, na sigla em inglês) revelou a investigação em um breve comunicado, sem comentar sobre a natureza da investigação ou qualquer possível violação antitruste. Uma pessoa familiarizada com o assunto disse à Reuters no mês passado que a KFTC inspecionou a sede do Google em Seul, em julho.

O comunicado do órgão regulador ocorreu após uma reportagem da imprensa local afirmar que a KFTC tinha decidido liberar o Google das acusações de violação de leis de defesa da concorrência ao carregar aplicativos da companhia previamente em smartphones que operam com o sistema Android.

O Google, controlado pela Alphabet, não quis comentar o assunto.

Embora não esteja claro se a investigação levará a qualquer penalidade formal, ela abre outra batalha regulatória para o Google. A empresa foi multada em 6,8 milhões de dólares na Rússia na quinta-feira e enfrenta várias acusações antitruste na União Europeia.