Petrobras espera receber desembolso de banco chinês ainda neste ano, diz diretor

sexta-feira, 12 de agosto de 2016 17:02 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras espera receber um desembolso bilionário do China Exim Bank ainda neste ano, indicou nesta sexta-feira o diretor da Área Financeira e de Relacionamento com Investidores da petroleira, Ivan Monteiro, em teleconferência com analistas.

A estatal anunciou em maio um acordo de financiamento de 1 bilhão de dólares com o Exim Bank.

Os recursos do banco chinês podem chegar após a empresa ter buscado formas alternativas de financiamento, diante das dificuldades de levantar dinheiro em condições de juros mais favoráveis, depois de a companhia perder o rating de grau de investimento.

Atualmente, explicou o executivo, a empresa tem discussões de operações com três bancos chineses: China Development Bank, Bank of China Leasing (ICBC Leasing) e China Exim Bank.

No caso do China Development Bank, a discussão enfrenta um desafio, sobre como serão realizadas exportações de petróleo para a China, previstas no acordo, disse ele.

"(O contrato) prevê um volume de exportação e a discussão que a gente tem tido com o China Development Bank é exatamente sobre como se cumprir ou como que nós vamos criar as condições necessárias para que o volume de exportação, o volume comercializado, alcance o que a gente espera nessa negociação", disse o executivo.

Quando o acordo foi anunciado, em fevereiro, a Petrobras informou que assinou um termo de compromisso com o banco chinês para financiamento de 10 bilhões de dólares.

Além disso, ele destacou que em paralelo à assinatura já estavam em negociação as minutas dos contratos do financiamento, que preveem a execução de um acordo comercial de fornecimento de petróleo para empresas chinesas, em bases similares ao executado pelas partes em 2009.

"A gente está negociando bastante esse modelo em si para que ocorra uma performance melhor do que ocorreu em especial no contrato de 2009", afirmou o executivo, sem entrar em detalhes.   Continuação...