CSN está perto de vender fabricante de latas para empresa polonesa, diz fonte

terça-feira, 16 de agosto de 2016 16:49 BRT
 

Por Tatiana Bautzer e Guillermo Parra-Bernal

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhia Siderúrgica Nacional vai anunciar a venda de uma unidade de produção de latas, afirmou uma fonte com conhecimento do assunto nesta terça-feira, como parte de um esforço para reforçar sua estrutura de capital e reduzir dívida.

Segundo a fonte, a venda da Metalic Nordeste, com sede em Fortaleza, deve levantar cerca de 100 milhões de reais para a CSN. A compradora da operação é uma fabricante de latas da Polônia, acrescentou a fonte sem informar o nome da companhia.

Mais cedo nesta terça-feira, executivos disseram que a CSN anunciaria em 10 dias a venda de um ativo. O presidente-executivo, Benjamin Steinbruch, e o diretor de relações com investidores, David Salama, evitaram dar detalhes sobre o processo durante teleconferência com analistas.

As ações da CSN ampliavam a queda perto do fim do pregão nesta terça-feira, exibindo às 16:47, baixa de 5,5 por cento, a maior baixa do Ibovespa, que recuava 0,32 por cento.

Fundada em 1996, a Metalic fornece latas de aço para a indústria de bebidas. A empresa tem participação de mercado de 4 por cento no país.

A Reuters publicou em abril que a CSN mantinha negociações avançadas para vender o terminal de contêineres Sepetiba Tecon, mas os executivos não informaram nesta terça-feira o estágio das discussões.

Os interessados no terminal incluem PSA International, Terminal Link e Grupo Multiterminais, afirmou nesta terça-feira outra fonte com conhecimento direto do assunto.