Polícia da China age contra bancos ilegais que movimentaram U$30 bilhões em 2016

quarta-feira, 17 de agosto de 2016 10:55 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A polícia da China tomou medidas contra bancos ilegais que movimentaram 30,2 bilhões de dólares em transferências irregulares de dinheiro este ano, disse o Ministério da Segurança Pública (MPS, na sigla em inglês) nesta quarta-feira.

A polícia disse ter prendido 450 suspeitos envolvidos em 158 casos de transferências ilegais e lavagem de dinheiro, de acordo com um comunicado publicado no site oficial do MPS.

Pequim vem combatendo os fluxos ilegais de dinheiro para o exterior na tentativa de refrear a fuga de capitais no momento em que o yuan atinge sua cotação mais baixa em quase seis anos.

Uma força-tarefa especial, lançada conjuntamente pelo MPS, o banco central e a agência reguladora de câmbio, descobriu serviços bancários ilícitos em 192 localidades este ano, disse a nota do site.

Nesta quarta-feira, a emissora estatal chinesa CCTV noticiou separadamente que a polícia de Shenzhen, cidade do sul do país, desmascarou recentemente um banco ilegal que movimentou 30 bilhões de yuans em transações ao longo de um período de seis anos.

A polícia prendeu 26 suspeitos importantes em quatro cidades diferentes, disse a reportagem. O banco ilegal atuava com a fachada de uma empresa de comércio.

"O (problema) principal é que os bancos ilegais se tornaram canais para traficantes de drogas, contrabandistas e criminosos econômicos transferirem fundos", disse Shu Jianping, chefe da unidade anti-lavagem de dinheiro do MPS, à CCTV.

Pequim iniciou uma campanha contra os bancos ilegais em abril do ano passado e descobriu mais de 170 casos de lavagem de dinheiro e transferências ilegais de recursos envolvendo mais de 800 bilhões de yuans até novembro passado.

Os bancos ilegais são canais para se transferir dinheiro obtido em atividades ilegais, como fundos públicos desviados por autoridades corruptas, disse a agência estatal de notícias Xinhua em uma reportagem sobre a operação.