Importações de açúcar pela China caem 14% em julho

segunda-feira, 22 de agosto de 2016 10:43 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China, maior importador global de açúcar, importou 420 mil toneladas do produto em julho, queda de 13,6 por cento ante o ano anterior, segundo dados da alfândega divulgados nesta segunda-feira.

As importações, ainda assim, atingiram o maior nível mensal desde dezembro, quando o país comprou 500 mil toneladas, e cresceram na comparação com as 370 mil toneladas registradas no mês anterior.

As compras da China devem ficar mais lentas novamente nos próximos meses, segundo analistas, após os preços globais se recuperarem, pressionando as margens de importação para território negativo desde o final de maio.

As importações de açúcar pela China desaceleraram neste ano após compras recordes no ano passado.

Conversas sobre uma possível liberação de açúcar das reservas do Estado, que poderia afetar as importações no início do próximo ano, também mantêm os operadores cautelosos.

A China tem estimadas 7 milhões de toneladas de açúcar em estoques e está sendo pressionada a vender o produto, que está envelhecendo.

(Por Dominique Patton)