Dívida bruta está perto de se tornar insustentável no Brasil, diz ministro do Planejamento

quarta-feira, 24 de agosto de 2016 11:24 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O país está perto do momento em que a dívida bruta se tornará insustentável, disse nesta quarta-feira o ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, apontando que a dívida seguirá em trajetória de crescimento mesmo com a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita o crescimento dos gastos públicos à inflação do ano anterior.

Segundo ele, que participa de audiência na comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a PEC, a dívida do país deve fechar este ano acima de 70 por cento do Produto Interno Bruto (PIB).

(Por Marcela Ayres)