Brexit atinge confiança empresarial na Alemanha e índice Ifo cai

quinta-feira, 25 de agosto de 2016 07:10 BRT
 

BERLIM (Reuters) - A confiança empresarial da Alemanha se deteriorou acentuadamente em agosto, com a maior queda mensal desde o auge da crise da zona do euro, em 2012, mostrou uma pesquisa do instituto econômico Ifo nesta quinta-feira, em uma sinalização de que o Brexit pesou mais no sentimento entre executivos.

O índice de sentimento econômico empresarial do Ifo, baseado em uma pesquisa mensal com cerca de 7 mil empresas, caiu para 106,2 em agosto, ante 108,3 em julho.

Essa foi a leitura mais baixa desde fevereiro e a maior queda mensal desde de 2012. O dado veio muito pior que o esperado em pesquisa Reuters, que apontava alta para 108,5.

O índice que mede as expectativas das empresas na maior economia da Europa ao longo do horizonte de seis meses caiu para 100,1. Esta foi a menor leitura desde outubro de 2014, sugerindo que muitas empresas esperam piora econômica.

"O Brexit teve um efeito mais forte agora", disse à Reuters o economia do Ifo Klaus Wohlrabe, acrescentando que a expectativa dos negócios se deteriorou mais em setores com laços relativamente fortes com o mercado britânico, como químico e automotivo.

(Por Michael Nienaber)