Mercado acionário chinês cai para mínima em quase 2 semanas

quinta-feira, 25 de agosto de 2016 08:38 BRT
 

HONG KONG/PEQUIM (Reuters) - O mercado acionário chinês fechou na mínima em quase duas semanas nesta quinta-feira, com os bancos e empresas do setor imobiliário em baixa após o governo impor regras mais rigorosas para empréstimos para evitar os crescentes riscos ao sistema financeiro.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,63 por cento. O índice de Xangai perdeu 0,57 por cento na sessão. Ambos atingiram a mínima desde de 12 de agosto.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, ganhava 0,12 por cento nesta quinta-feira, às 8:25, mas manteve-se perto dos níveis recentes de negociação, antes da fala da chair do Federal Reserve, banco central norte-americano, Janet Yellen, na reunião de bancos centrais.

O índice Nikkei perdeu 0,25 por cento, pressionado por perdas em Wall Street e com a cautela dos investidores antes do discurso de Yellen em Jackson Hole, na sexta-feira.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,25 por cento, a 16.555 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,03 por cento, a 22.814 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,57 por cento, a 3.068 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,63 por cento, a 3.308 pontos.   Continuação...