Yara compra fábrica fertilizantes para expandir vendas em Goiás

quinta-feira, 25 de agosto de 2016 11:54 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de fertilizantes norueguesa Yara assinou acordo para a aquisição de uma unidade da Adubos Sudoeste, em Catalão (GO), informou a empresa nesta quinta-feira, em um movimento que busca expandir o acesso ao promissor mercado goiano.

A unidade adquirida, uma misturadora de matérias-primas, tem capacidade de produzir 300 mil toneladas de fertilizantes por ano.

A Yara detém posição de liderança em fertilizantes no Brasil, com cerca de 25 por cento do mercado nacional, que movimentou 30,2 milhões de toneladas em 2015 e um recorde de 32,2 milhões em 2014.

"A Yara no Brasil não tinha nenhuma unidade em Goiás... (A compra da unidade) não é de fato uma grande expansão, é focar o crescimento orgânico num mercado onde a Yara ainda não tinha forte presença", disse à Reuters o vice-presidente sênior da Yara International e presidente da Yara Brasil, Lair Hanzen.

Segundo ele, uma expansão do porte da unidade adquirida (de 300 mil toneladas) é suficiente apenas para que a companhia mantenha sua fatia de mercado.

A compra foi uma decisão estratégica, já que em muitos casos a venda de um Estado para outro gera cobranças de ICMS que tornam os negócios menos competitivos.

"O mercado de grãos em Goiás cresceu 3,3 por cento ao ano, nos últimos 10 anos. No mesmo período, o mercado nacional cresceu 2 por cento", afirmou o executivo, destacando a importância da presença naquela região.

A Yara investiu aproximadamente 1,5 bilhão de dólares no Brasil nos últimos anos, incluindo a aquisição da Bunge Fertilizantes em 2013, mas não informou o valor da transação com a Adubos Sudoeste.

Neste contexto, Hanzen disse que a empresa não mira aumentar sua fatia no mercado brasileiro.   Continuação...