Mercados europeus de ações perdem com queda nas mineradoras e farmacêuticas

quinta-feira, 25 de agosto de 2016 14:05 BRT
 

MILÃO (Reuters) - O mercado europeu de ações fecharam em queda nesta quinta-feira, pressionados por perdas de farmacêuticas e de mineradoras, com investidores cortando sua exposição à ativos mais arriscados antes do discurso da chair do Federal Reserve, banco central norte-americano, Janet Yellen.

O índice de principais ações europeias FTSEurofirst 300 perdeu 0,78 por cento, a 1.345 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 caiu 0,84 por cento, a 342 pontos, atingido pela divulgação de pesquisa sobre confiança na Alemanha e recuando do pico em uma semana atingido na quarta-feira.

Embora o Fed deva manter os juros em sua reunião de setembro, têm crescido as expectativas de que Yellen possa dar uma previsão mais clara para a próxima elevação das taxas de juros dos Estados Unidos, após dados fortes de habitação desta semana e comentários de outras autoridades do Fed.

As mineradoras tiveram perdas, com o índice de recursos básicos do STOXX 600 caindo 1,3 por cento, pressionado pela baixa nos preços dos metais. A mineradora Glencore perdeu 2,58 por cento, estendendo suas perdas da sessão anterior, quando anunciou um conjunto de resultados fracos.

As ações de empresas farmacêuticas ficaram entre as maiores quedas. O índice de empresas de saúde do STOXX 600 perdeu 1,45 por cento, pressionado pelas perdas das ações da Qiagen, BB Biotech e Shire.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,28 por cento, a 6.816 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,88 por cento, a 1.529 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,65 por cento, a 4.406 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,07 por cento, a 16.710 pontos.   Continuação...