August 25, 2016 / 8:52 PM / a year ago

Bovespa fecha estável com exterior e impeachment em foco, após sessão volátil

3 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou praticamente estável nesta quinta-feira, após sessão volátil, diante de um ambiente externo também sem tendência definida, com agentes financeiros monitorando o começo do julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

O Ibovespa encerrou com variação positiva de 0,01 por cento, a 57.722 pontos. O volume financeiro somou 5,76 bilhões de reais - novamente abaixo da média diária do ano.

Em Wall Street, os pregões fecharam no vermelho após alguma indefinição na sessão, conforme segue a expectativa em relação a sinalizações que a chair do Federal Reserve, Janet Yelle, pode dar sobre o rumo dos juros norte-americanos na sexta-feira.

No Brasil, o Senado começou nesta sessão o julgamento do impeachment de Dilma, acusada de crime de responsabilidade. A votação que definirá seu afastamento definitivo, porém, só vai ocorrer provavelmente na madrugada da próxima quarta-feira.

Na visão do gestor Marco Tulli Siqueira, da mesa de operações de Bovespa da Coinvalores, o impeachment já está no preço, o que não está é o pós-decisão, com muitas incertezas sobre as medidas que serão adotadas pelo governo.

Destaques

- PETROBRAS fechou com as preferenciais em alta de 1,05 por cento e as ordinárias com valorização de 1,43 por cento, favorecidas pela alta dos preços do petróleo.

- VALE encerrou com as preferenciais subindo 0,72 por cento e as ordinárias ganhando 0,17 por cento, resistindo à fraqueza do preços do minério de ferro na China, com encontro da mineradora com analistas no radar.

- LOJAS RENNER subiu 3,22 por cento, na segunda alta consecutiva após uma série de seis quedas, assim como RAIA DROGRASIL, que avançou 2,75 por cento após três sessões consecutivas de perdas.

- CESP caiu 2,25 por cento, após forte alta na véspera com a notícia de que o Conselho de Desestatização de São Paulo recomendou ao governador a retomada dos trabalhos e estudos para a privatização da geradora de energia.

- BRASKEM recuou 2,34 por cento. O Itaú BBA reduziu o preço-alvo das ações para 27,5 reais, mas reiterou recomendação "outperform", citando que o fluxo de caixa segue forte apesar da apreciação do real.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below