Sonae Sierra Brasil vê consolidação em setor de shoppings e avalia aquisições, diz presidente

sexta-feira, 26 de agosto de 2016 09:37 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Sonae Sierra Brasil, incorporadora, proprietária e administradora de shopping centers, está atenta a movimentos de consolidação no setor no Brasil, em busca de oportunidades de aquisição de ativos, particularmente nas principais cidades do país.

"Estamos atentos a isso sem dúvida. Achamos que vai haver algum movimento de consolidação, portanto, nos ativos que condizem com o nosso perfil estratégico, nós estamos sempre procurando oportunidades" disse o presidente da empresa, José Baeta Tomás, em entrevista à Reuters nesta quinta-feira.

De acordo com o executivo, os empreendimentos no radar do grupo de origem portuguesa são os de médio a grande portes, sobretudo localizados nas grandes capitais, com a região Sudeste ainda sendo a preferida. Tomás ponderou que não há nada de concreto, "mas obviamente que quem estuda isso ao longo do tempo tem sempre targets (alvos)".

O portfólio atual da companhia tem 10 shopping centers, nas cidades de São Paulo (SP), Goiânia (GO), Manaus (AM), Uberlândia (MG), Campinas (SP), São Bernardo do Campo (SP), Franca (SP) e Londrina (PR). Neste total, a Sonae Sierra Brasil é proprietária de nove shoppings em operação e administra mais um de terceiros.

Do lado de desinvestimentos, Tomás disse que não há perspectiva de novas alienações dentro do portfólio da empresa.

A companhia vendeu no começo do ano uma subsidiária detentora do Boavista Shopping, na cidade de São Paulo, em uma operação que definiu preço de 56 milhões de reais para o empreendimento. De acordo com o executivo, foi a terceira venda desde 2010.

Tomás disse que é a visão otimista sobre o Brasil no longo prazo que leva a empresa a continuar procurando oportunidades de aquisições.

No curto prazo, ele vislumbra uma melhora para o setor, embora não acredite em uma recuperação significativa e rápida, dado o ambiente macroeconômico ainda recessivo.   Continuação...