Mercados europeus de ações fecham em alta com Yellen

sexta-feira, 26 de agosto de 2016 14:25 BRT
 

MILÃO (Reuters) - O mercado acionário europeu fechou em alta nesta sexta-feira, após a chair do Federal Reserve Janet Yellen, não dar nenhuma indicação firme sobre quando o Fed pode elevar os juros, encorajando os mercados após comentários 'hawkish' de autoridades do banco central norte-americano na semana passada.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 ganhou 0,54 por cento, a 1.352 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,50 por cento, a 343 pontos, com quase todos os setores do índice apresentando ganhos.

Yellen disse que a hipótese de elevação dos juros havia se fortalecido graças às melhorias no mercado de trabalho e às expectativas de crescimento econômico sólido, reiterando que futuras elevações devem ser "graduais".

O setor de recursos básicos do STOXX 600 ganhou 2,43 por cento, tornando-se o maior ganhador setorial, ajudado pela alta nos preços dos metais após dois dias de perdas.

Logo após o fechamento dos mercados acionários europeus, no entanto, o vice-chair do Fed, Stanley Fischer, disse que os comentários de Yellen eram consistentes com alta de juros em setembro, mas que para isso era necessário esperar mais dados econômicos. Sua fala fez com que as bolsas norte-americanas passassem a cair.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,31 por cento, a 6.838 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,55 por cento, a 10.587 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,80 por cento, a 4.441 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,80 por cento, a 16.843 pontos.   Continuação...