Presidente-executivo da Fiat Chrysler diz que foi abordado por interessados na Magneti Marelli

sexta-feira, 26 de agosto de 2016 17:12 BRT
 

STERLING HEIGHTS, Michigan (Reuters) - A Fiat Chrysler foi abordado por vários candidatos pelo seu negócio de componentes Magneti Marelli, disse o presidente-executivo da montadora nesta sexta-feira, sem dar nomes ou mencionar quantos haviam demonstrado interesse.

Sergio Marchionne também disse que a FCA pode continuar a produção do compacto Dodge Dart e os sedãs Chrysler 200, apesar do ceticismo de analistas sobre a chance da montadora obter um parceiro de produção para sedãs no mercado norte-americano.

"Teremos uma resposta, espero, em breve", disse Marchionne, acrescentando que "na medida em que nós pudermos compartilhar o trabalho com mais alguém, nós provavelmente o faremos".

Marchionne disse que a FCA está discutindo com vários possíveis parceiros sobre "as reais opções viáveis" para continuar a produção de sedãs compactos e de tamanho médio para o mercado norte-americano. No início do ano, ele disse que a montadora pararia de produzir os dois modelos, que tem baixo volume de vendas, e procura um parceiro para produção.

Mais cedo este mês, as ações da FCA subiram acentuadamente após a notícia de que a Samsung poderia comprar todo ou parte da Magneti Marelli.

(Por Bernie Woodall;reportagem adicional por Agnieszka Flak)