Aliansce vai comprar 25% do shopping Leblon por R$310 mi

segunda-feira, 29 de agosto de 2016 08:39 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Aliansce anunciou nesta segunda-feira que vai comprar 25,1 por cento do shopping de alto padrão Leblon, no Rio de Janeiro, por 309,9 milhões de reais, em uma operação condicionada a um aumento de capital de pelo menos 300 milhões de reais.

A companhia, que é administradora do shopping desde a inauguração em 2006, afirmou que aumento de capital será de no mínimo 300 milhões e no máximo 600 milhões de reais e que será realizado ao preço de 15 reais por ação ordinária.

O valor da aquisição inclui dívida de 122,4 milhões de reais com custo de TR mais 11,27 por cento ao ano e amortização até 2027.

A Aliansce tem como controlador o empresário Renato Rique, que é o vendedor da participação no shopping Leblon que está sendo vendida. Segundo a companhia, o empresário se absteve de votar sobre o negócio em reunião do conselho de administração.

Segundo a empresa, os controladores da Aliansce "assumiram a obrigação de subscrever e integralizar o número de novas ações

efetivamente emitidas que for proporcional às suas respectivas participações, ou seja, 40,15 por cento do capital social" da administradora.

A empresa vai usar os recursos do aumento de capital para financiar a compra da participação no shopping e fortalecer a estrutura de capital.

"O shopping Leblon é um ativo estratégico para a

Aliansce ... A aquisição garante à companhia a permanência na administração e comercialização do shopping", disse a Aliansce. A empresa acrescentou que entre o final deste ano e o fim de 2017 mais de 40 por cento da receita de aluguel mínimo do empreendimento serão renovados.   Continuação...