França se junta à Alemanha e pede fim de conversas com EUA sobre acordo de comércio

terça-feira, 30 de agosto de 2016 07:37 BRT
 

PARIS (Reuters) - As atuais conversas da Europa com os Estados Unidos sobre um acordo comercial transatlântico deveriam ser interrompidas e uma nova rodada iniciada, disse o ministro de Comércio da França, Matthias Fekl, nesta terça-feira, juntando-se a pedidos da Alemanha pelo fim das negociações.

Fekl disse que pediria, em nome da França, a interrupção das negociações com os Estados Unidos sobre o Acordo Transatlântico de Comércio e Investimento (TTIP, na sigla em inglês) na reunião do próximo mês de ministros da União Europeia (UE).

"Deveria haver um fim absolutamente claro para que nós possamos recomeçar em boas bases", disse ele à rádio RMC, acrescentando que iria sugerir isso aos ministros.

O ministro da Economia da Alemanha, Sigmar Gabriel, disse no domingo que as negociações do TTIP tinham fracassado após a Europa recusar algumas demandas dos EUA. [nL1N1B906U]

A Casa Branca informou esta semana que planeja alcançar um acordo até o fim do ano. "Isso vai demandar a resolução de algumas negociações bastante árduas, mas o presidente e seu time estão comprometidos com isso", disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, a jornalistas em Washington.

(Reportagem de Sophie Louet)