Fischer, do Fed, diz que mercado de trabalho dos EUA está "muito perto" do pleno emprego

terça-feira, 30 de agosto de 2016 08:07 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O mercado de trabalho dos Estados Unidos está perto do pleno emprego e o ritmo de aumentos da taxa de juros do Federal Reserve vai depender de quão bem a economia está, disse o vice-chair do Fed, Stanley Fischer, nesta terça-feira.

Em entrevista à TV Bloomberg, Fischer não fez comentários sobre o momento da próxima elevação dos juros pelo Fed, mas disse que "nós escolhemos o ritmo com base em dados", acrescentando que nos EUA "o emprego está muito próximo do pleno emprego."

(Por Jason Lange)