Plantio de soja dos EUA deve aumentar em 2017, com queda no milho, diz Farm Futures

terça-feira, 30 de agosto de 2016 10:53 BRT
 

BOONE, Iowa (Reuters) - Os agricultores norte-americanos planejam aumentar o plantio de soja em 2017 para uma máxima histórica, incentivados pela demanda robusta pela oleaginosa, reduzindo a área plantada de trigo e milho, de acordo com uma pesquisa com produtores divulgada pela revista Farm Futures nesta terça-feira.

Os produtores vão plantar 84,4 milhões de acres de soja na próxima primavera no Hemisfério Norte, acima dos 83,7 milhões em 2016, e 93,1 milhões de acres de milho, abaixo dos 94,1 milhões neste ano, de acordo com a pesquisa.

Os preços baixos vão levar os agricultores a reduzir a área de trigo pela quarta temporada seguida para 49,1 milhões de acres, a mínima dos Estados Unidos desde 1970, de acordo com pesquisa online com 1.225 agricultores realizada no final de julho e início de agosto.

"Os agricultores mostram uma tendência de decisões de plantio baseada no que funcionou no ano anterior, e a soja foi rentável ​​para os produtores capazes de aproveitar as oportunidades de hedge neste verão", disse o analista sênior mercado de grãos da Farm Futures, Bryce Knorr, em um comunicado.

"As fortes compras da China também fornecem um suporte fundamental muito melhor para o mercado em comparação com o milho e o trigo, que têm falta de orientação na demanda", disse ele .

(Por Karl Plume)