Potash e Agrium negociam fusão em momento de dificuldades do setor de fertilizantes

terça-feira, 30 de agosto de 2016 15:18 BRT
 

WINNIPEG, Manitoba (Reuters) - As canadenses Agrium e Potash Corp of Saskatchewan informaram nesta terça-feira que estão em negociações para uma fusão, o que criaria uma gigante global de fertilizantes e varejo agrícola, em um momento no qual o setor enfrenta dificuldades graças aos baixos preços.

A Potash, a maior companhia mundial de nutrientes para lavoura em capacidade, e a Agrium, maior varejista agrícola da América do Norte, disseram em comunicados separados que as negociações estavam em um estágio preliminar sobre uma possível fusão entre as partes, acrescentando que ainda não foi alcançado um acordo.

As ações da Potash e da Agrium listadas nos Estados Unidos dispararam 11 por cento e 6 por cento respectivamente, o que faria a combinação de ambas valer mais de 25 bilhões de dólares.

O acordo seria o mais recente em uma série de tentativas de fusão entre empresas agrícolas, também incluindo a potencial combinação entre os gigantes de sementes Monsanto e Bayer e entre a ChemChina e Syngenta.

Companhias de fertilizantes têm sofrido com lucro menor à medida que os preços de nutrientes para lavoura, especialmente potássio, caíram para mínimas de diversos anos devido à oferta excessiva e à fraca demanda, ligado parcialmente a moedas mais fracas em mercados compradores, como Brasil.

(Por Rod Nickel, Ankur Banerjee e John Tilak)