Indústria da China tem expansão inesperada em agosto, mostra PMI oficial

quinta-feira, 1 de setembro de 2016 07:38 BRT
 

Por Yawen Chen e Sue-Lin Wong

PEQUIM (Reuters) - A atividade do setor industrial da China expandiu inesperadamente ao ritmo mais rápido em quase dois anos em agosto devido à construção, sugerindo que a economia está se estabilizando em resposta aos gastos do governo.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial da indústria subiu para 50,4 em agosto de 49,9 em julho, acima da marca de 50 que separa crescimento de contração.

Analistas esperavam leitura de 49,9 pelo segundo mês seguido e alguns esperavam ainda mais fraqueza depois que o governo determinou o fechamento de muitas fábricas ao redor de Hangzhou para limpar o ar antes da reunião de líderes do G20 em 4 e 5 de setembro.

Entretanto, o PMI do Markit, que foca em empresas de pequeno e médio porte, reforçou o cenário de uma economia de duas vias. A pesquisa sugeriu que a atividade nas indústrias menores estagnou em agosto, com o indicador exatamente na marca de 50,0, já que a produção e as novas encomendas cresceram a um ritmo mais fraco.

Em relação aos serviços, a pesquisa oficial mostrou que o setor continuou a expandir a um ritmo rápido, embora ligeiramente mais modesto que em julho, com o PMI caindo a 53,5 em agosto contra 53,9 no mês anterior.