Cimpor tem prejuízo no 1º semestre afetada por baixa contábil e mercados como Brasil

quinta-feira, 1 de setembro de 2016 11:13 BRT
 

LISBOA (Reuters) - A produtora de cimento Cimpor teve prejuízo de 527 milhões de euros no primeiro semestre ante resultado negativo de 7 milhões um ano antes, impactada por baixa contábil e mercados desfavoráveis no Brasil, Egito e Portugal, além de efeitos cambiais.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) caiu 39 por cento, para 170 milhões de euros no semestre.

"O resultado líquido se deteriorou para 527 milhões de euros negativos, refletindo baixa contábil não recorrente de 433 milhões de euros no Brasil, menor Ebitda e efeitos cambiais negativos", afirmou a Cimpor no balanço.

A companhia é controlada pela brasileira InterCement, do grupo Camargo Corrêa.