Rio Grande do Sul vê boa safra de trigo em 2016; chuvas no Paraná preocupam

quinta-feira, 1 de setembro de 2016 19:04 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Chuvas previstas para as áreas de trigo do Paraná no final de semana e na próxima semana preocupam os agricultores do principal Estado produtor do cereal no Brasil, que até o momento espera colher uma grande safra em 2016.

"Vamos ver. Se depois (das chuvas) esquentar e abrir sol, não tem problema. Se ficar nublado, começa a preocupar", afirmou o engenheiro agrônomo Carlos Hugo Godinho, especialista em trigo do Departamento de Economia Rural (Deral), sobre a previsão climática.

Ele comentou que os produtores já tiveram alguns "sustos" nesta safra, mas que até o momento tudo segue bem.

A previsão, no entanto, é de chuvas para os próximos dias no Estado, segundo o Reuters Weather Dashboard.

O Paraná estimou nesta quinta-feira a safra em 3,3 milhões de toneladas, praticamente estável ante a projeção anterior, com as lavouras apontando para boas produtividades até o momento.

Chuvas podem afetar a qualidade do trigo que está pronto para a colheita e ainda aumentar a proliferação de doenças fúngicas.

Já os produtores de trigo do Rio Grande do Sul, segundo Estado produtor do grão do Brasil após o Paraná, estão com uma expectativa positiva em relação à obtenção de uma boa produtividade na safra deste ano, afirmou a Emater nesta quinta-feira.

"A maior parte das lavouras apresenta boas condições sanitárias e o clima dos últimos dias foi favorável para a cultura, disse o órgão ligado ao governo do Estado em nota.

A safra gaúcha foi estimada preliminarmente em 1,7 milhão de toneladas.

(Por Roberto Samora)