Índice europeu fecha no nível mais alto em mais de 3 meses

sexta-feira, 2 de setembro de 2016 14:14 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os mercados europeus avançaram nesta sexta-feira, com o índice STOXX 600 atingindo o nível mais alto desde o final de maio depois que dados de emprego dos Estados Unidos mais fracos que o esperado levaram investidores a reduzir as apostas em uma alta iminente dos juros no país.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 2,06 por cento, a 1.378 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 teve alta de 1,97 por cento, a 350,44 pontos, seu melhor nível desde o final de maio. O índice também registrou o maior ganho percentual diário desde o final de junho.

Os mercados acionários europeus subiram após dados desta sexta-feira mostrarem que a criação de vagas de trabalho nos EUA desacelerou mais que o esperado em agosto.[L1N1BE0KH]

Isso significa que os operadores estão precificando cerca de 50 por cento de chances de alta em dezembro, com poucas chances de aumento antes. Antes do relatório, os operadores viam mais de 50 por cento de chances de alta dos juros nos EUA em dezembro.

O índice de empresas do serviço público do STOXX ganhou 2,8 por cento. As ações de mineradoras também ganharam, impulsionadas por preços mais fortes do cobre.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 2,20 por cento, a 6.894 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,42 por cento, a 10.683 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 2,31 por cento, a 4.542 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,54 por cento, a 17.183 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,67 por cento, a 8.908 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,04 por cento, a 4.762 pontos.