Expansão empresarial da zona do euro tem ritmo mais fraco desde início de 2015, aponta PMI

segunda-feira, 5 de setembro de 2016 07:25 BRT
 

Por Jonathan Cable

LONDRES (Reuters) - o crescimento empresarial da zona do euro atingiu em agosto o ponto mais fraco desde o início do ano passado, sugerindo que a economia do bloco está perdendo o pouco da força que chegou a apresentar, mostrou nesta segunda a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

O PMI Composto final do Markit para a zona do euro chegou a 52,9 em agosto, contra preliminares de 53,3 e 53,2 em julho. Esse foi o nível mais baixo desde janeiro de 2015, mas permanece acima da marca de 50 que divide crescimento de contração desde meados de 2013.

"Embora o cenário geral seja de um crescimento estável, mas fraco, de 0,3 por cento no terceiro trimestre, os dados revisados indicam que a economia está perdendo força em vez de ganhar", disse o economista-chefe do IHS Markit Chris Williamson.

A expansão no dominante setor de serviços do bloco também enfraqueceu. O PMI de serviços foi a 52,8, igualando a mínima de 17 meses vista em junho e abaixo dos 52,9 de julho e da preliminar de 53,1.