Vendas no varejo da zona do euro sobem mais que o esperado após Brexit

segunda-feira, 5 de setembro de 2016 08:48 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - As vendas no varejo na zona do euro subiram mais do que o esperado em julho, registrando o maior aumento mensal do ano na sequência do referendo britânico para deixar a União Europeia (UE).

A agência de estatísticas da UE, a Eurostat, informou nesta segunda-feira que as vendas no varejo, medida de gastos das famílias, subiram 1,1 por cento na comparação mensal e 2,9 por cento na base anual em julho, em ambos os casos muito mais do que as expectativas do mercado.

Economistas consultados pela Reuters esperavam um aumento de 0,6 por cento das vendas no mês e de 1,9 por cento sobre o ano anterior.

O resultado mensal ocorreu depois de uma queda de 0,1 por cento em junho, dado revisado pela Eurostat após ter sido divulgado como estável.

(Reportagem de Francesco Guarascio)