Justiça determina afastamento de Wesley e Joesley Batista de mercados e direção de empresas

segunda-feira, 5 de setembro de 2016 20:37 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A Justiça Federal de Brasília determinou o afastamento imediato dos irmãos e empresários Wesley e Joesley Batista, controladores de várias empresas incluindo a processadora de carnes JBS, de função de direção de qualquer empresa ou grupo empresarial, de acordo com decisão obtida pela Reuters.

A medida cautelar, que envolve outras 38 pessoas, se refere a operação Greenfield, da Polícia Federal e o Ministério Público Federal, que apura um esquema de corrupção envolvendo os principais fundos de pensão de empresas estatais do país. Os passaportes dos empresários também foram retidos para evitar que eles deixem o país sem autorização judicial.

"Essas medidas alternativas à prisão me parecem, que por ora são suficientes para minimizar ou fazer cessar as atividades

ilícitas e salvaguardar a ordem pública e econômica", disse o juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara, em sua decisão.

(Por César Raizer)