Fundo do BB vai transferir para Previ ações do bloco de controle da CPFL

terça-feira, 6 de setembro de 2016 11:15 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Fundo de Investimento em Ações BB Carteira Livre I tem intenção de transferir à Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ) a totalidade das suas ações ordinárias de emissão da maior elétrica privada do Brasil, a CPFL Energia, informou a elétrica nesta terça-feira.

A informação, segundo a CPFL, foi comunicada pela Previ, hoje seu acionista controlador indireto, por correspondência.

Atualmente, a Previ é cotista exclusiva do fundo BB Carteira Livre I Fundo de Investimento em Ações, administrado pela BB Gestão de Recursos – Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários, signatário do Acordo de Acionistas da CPFL.

"A Previ vem manifestar sua adesão irrestrita ao Acordo de Acionistas da CPFL Energia... passando, portanto, a partir da data de efetivação da transferência supramencionada, a exercer seus direitos e obrigações no âmbito do referido Acordo de Acionistas", afirmou o comunicado da CPFL.

Na semana passada, a chinesa State Grid oficializou a compra da fatia de 23 por cento da Camargo Corrêa na CPFL Energia, em evento em Xangai que contou com a presença do recém-empossado presidente Michel Temer.

A CPFL informou que a venda ocorreu ao preço de 25 reais por ação, o que deve representar cerca de 6 bilhões de reais, e envolveu também a participação de 51,6 por cento da companhia na subsidiária CPFL Renováveis, avaliada no negócio em 3,17 bilhões de reais.

Com a oficialização do negócio, os demais controladores da CPFL, que incluem o fundo de previdência dos funcionários do Banco do Brasil (Previ), e a Bonaire, que representa diversos fundos, poderão exercer direito de preferência na compra da fatia da Camargo ou decidir pela venda conjunta de suas participações à State Grid, pelo mesmo valor por ação.

(Por Marta Nogueira)