Petroleiras dos EUA aceleram atividade de perfuração de poços, diz Baker Hughes

sexta-feira, 9 de setembro de 2016 15:44 BRT
 

(Reuters) - Petroleiras dos Estados Unidos elevaram o número de sondas de perfuração em atividade pela décima semana nas últimas onze, de acordo com um relatório importante divulgado nesta sexta-feira, a maior sequência sem cortes de sondas desde 2011.

Petroleiras adicionaram sete sondas na semana encerrada em 9 de setembro, elevando a contagem total de sondas para 414, informou a empresa de serviços energéticos Baker Hughes.

O número fica bem abaixo das 652 sondas em operação na mesma semana há um ano, mas está acima do recente piso de 316 sondas visto em maio.

Após cair 206 unidades na primeira metade do ano, a contagem de sondas tem aumentado ou se mantido estável todas as semanas até agora neste trimestre. A contagem de sondas despencou de uma máxima em outubro de 2014 após os preços do petróleo caírem na maior derrocada de preços em uma geração.

"Nós antecipamos lento crescimento de sondas com todas as advertências habituais sobre preços", disse James Williams, presidente da consultoria de energia WTRG Economics, no Arkansas.

"Se os preços do petróleo continuarem a subir, a contagem de sondas vai continuar subindo e a produção dos EUA vai parar de cair e começará a subir", disse Williams, notando que há geralmente um intervalo de dois meses entre o aumento nos preços e as sondas serem colocadas em operação.

(Por Scott DiSavino)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))

    REUTERS LM GB