Potash Corp e Agrium anunciam fusão para criar gigante de insumos agrícolas de US$36 bi

segunda-feira, 12 de setembro de 2016 11:51 BRT
 

(Reuters) - As canadenses Agrium e Potash Corp of Saskatchewan fecharam acordo para unir operações, em uma operação que criará uma gigante do setor de fertilizantes com valor de mercado de 36 bilhões de dólares, mas que deverá atrair atenção de autoridades de defesa da concorrência nos Estados Unidos.

A Potash Corp, maior empresa global de nutrientes vegetais em capacidade de produção, e a Agrium, maior distribuidora de produtos agrícolas da América do Norte, disseram que a entidade combinada formará a maior empresa de nutrientes agrícolas do mundo.

Potash e a Agrium afirmaram no mês passado que estavam negociando uma fusão.

A união das empresas criará um grupo dominante na América do Norte que controlará quase dois terços da capacidade de potássio, 30 por cento da produção de fosfato e 29 por cento da capacidade em nitrogenados, afirmou o analista Greg Colman, do National Bank, no mês passado.

O acordo deverá ser o mais recente de uma série de tentativas de fusões no setor agrícola, incluindo potenciais uniões entre a gigante de sementes Monsanto e a Bayer e entre a ChemChina e a Syngenta.

Acionistas da Potash Corp deverão receber 0,4 ação ordinária da nova companhia para cada ação que detêm atualmente, enquanto os acionistas da Agrium deverão receber 2,23 ações ordinárias para cada papel detido, informaram as empresas.

A nova empresa tem uma receita combinada de 20,6 bilhões de dólares e lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 4,7 bilhões antes de sinergias, disseram Agrium e Potash Corp.

As empresas esperam uma economia anual de 500 milhões de dólares com sinergias principalmente a partir de integração em distribuição e vendas, produção e otimização de outros itens.