Preços de café no Vietnã próximos de máxima de 19 meses viabilizam acordos

terça-feira, 13 de setembro de 2016 09:43 BRT
 

HANOI, Vietnã (Reuters) - A negociação de café no Vietnã, maior produtor mundial de café robusta, melhorou ligeiramente nesta semana com o aumento dos preços em meio a estoques menores, disseram operadores nesta terça-feira.

O contrato para novembro na bolsa de Londres subiu 17 dólares ou 0,89 por cento, para 1.926 dólares por tonelada na segunda-feira.

"Como os preços subiram, a venda está indo bem, mas não há muito saindo, pois os estoque estão menores", disse um operador em Buon Ma Thuot, capital de Daklak, a maior província produtora do Vietnã.

Os preços locais do café subiram para algo entre 40,1 e 40,2 milhões de dong (entre 1.767 e 1.794 dólares) por tonelada nesta terça-feira. A 40,2 milhões de dong, o café está no nível mais alto desde 24 de fevereiro de 2015, de acordo com dados da Thomson Reuters.

O robusta vietnamita do tipo 2, com 5 por cento de pretos e grãos quebrados estava cotados com descontos entre 20 e 30 dólares por tonelada para o contrato de robusta ICE de novembro. Na semana passada, as ofertas ficaram com um desconto de 10 dólares por tonelada.

Uma pesquisa da Reuters em julho mostrou que a produção do Vietnã de 2016/2017 pode ficar em 26,5 milhões de sacas de 60 kg, ou quase 4 por cento abaixo da estimativa de 27,5 milhões de sacas da atual temporada, de acordo com dados da Organização Internacional do Café.

(Por Ho Binh Minh e My Pham)